Acompanhe:

(85) 3044.4748 | contato@rodrigopimenta.med.br

CIR. PLÁSTICAS REPARADORAS >

CÂNCER DE PELE
+ -
 

A cirurgia de câncer de pele

Ouvir que se tem um diagnóstico de “câncer” é muito difícil de aceitar. Compreender que tratar o câncer de pele pode resultar em cicatrizes ou desfiguração também é muito difícil.

Nós entendemos as suas preocupações e iremos direcionar você ao tratamento correto e te explicar o efeito resultante em sua saúde e aparência.

Câncer de pele - Dr. Rodrigo Pimenta

Tratamento para o câncer de pele

O tratamento de câncer de pele, bem como qualquer forma de câncer, pode requerer cirurgia para remover os tumores. O cirurgião plástico remove, cirurgicamente, lesões cancerígenas e demais lesões da pele utilizando técnicas especializadas para preservar sua saúde e sua aparência.

Embora nenhuma cirurgia fique sem cicatrizes, iremos fazer o possível para tratar o câncer de pele sem mudar radicalmente sua aparência. Para algumas pessoas, a reconstrução pode exigir mais de um procedimento para que se obtenham os melhores resultados.

Esteja preparado para discutir

O seu tipo de câncer de pele, os prováveis resultados do tratamento, riscos e potenciais complicações. As condições médicas, alergia medicamentosa e tratamentos médicos. Uso atual de medicamentos, vitaminas, medicamentos naturais, fumo, álcool e drogas. Cirurgias prévias.

Riscos e informações de segurança

A decisão de se submeter à cirurgia é pessoal e é você quem deve decidir se os benefícios atingirão os seus objetivos e se os riscos e potenciais complicações são aceitáveis. Nós iremos te explicar, em detalhes, os riscos associados à cirurgia.

Você deverá assinar o termo de consentimento para assegurar que compreendeu plenamente o procedimento ao qual vai se submeter e quaisquer riscos ou complicações.

ABCD do Melanoma

ABCD do Melanoma Câncer de pele - Dr. Rodrigo Pimenta

Sua satisfação vale mais que os custos da cirurgia

Lembre-se que sua saúde está em jogo. O resultado do procedimento, bom ou ruim, lhe acompanhará pelo resto da vida.

Procure um cirurgião devidamente qualificado e exija que sua cirurgia seja realizada em acomodações seguras. No final das contas, o barato pode sair caro.

Considerações importantes

Enxertos de pele têm um risco adicional de que o enxerto não “vingue” e, por conseguinte, pode ser necessário haver uma cirurgia adicional para fechar a ferida.

Preserve a sua saúde: Depois de ter sido diagnosticado com câncer de pele, você apresenta maior risco de desenvolver essas lesões em outros locais do que a população geral. Ele também pode reaparecer.

Então, é importante discutir os sinais dessa doença com o seu médico, fazer regularmente o autoexame de lesões suspeitas e agendar o exame anual de rastreamento de câncer.

Câncer de pele - Dr. Rodrigo Pimenta

Mais dúvidas?

Se quiser tirar suas dúvidas conosco sobre essa cirurgia plástica, teremos o maior prazer em responder através do Formulário de Contato. Acesse o site da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

IMPORTANTE SABER

O QUE ACONTECE DURANTE A CIRURGIA DE CÂNCER DE PELE?

Dependendo do tipo, do tamanho e da localização da lesão, há muitas maneiras de remover o câncer de pele e restaurar a sua aparência.

Etapa 1 – Anestesia: Medicamentos são administrados para o seu conforto durante o procedimento cirúrgico. As opções incluem sedação intravenosa e anestesia geral.Iremos recomendar a melhor opção para você.

Etapa 2 – Remoção: Uma lesão pequena pode ser removida com excisão − um procedimento cirúrgico simples para remover a lesão da pele. O câncer de pele pode ser como um iceberg. O que é visível na superfície da pele, por vezes, é apenas uma pequena parte do tumor. Por baixo da pele, as células cancerígenas cobrem uma região muito maior e não há fronteiras definidas. Poderemos recomendar uma seção de congelamento. Neste procedimento, a lesão cancerígena é removida e microscopicamente examinada por um patologista antes do fechamento da ferida para assegurar que todas as células cancerígenas tenham sido removidas. O objetivo é encontrar uma margem clara – área onde o câncer de pele não tenha se espalhado. Se as margens claras forem encontradas, a ferida resultante será reconstruída. Se as margens claras não estiverem presentes, iremos remover mais tecidos, até que toda a região tenha uma margem clara.

Etapa 3 – Reconstrução: Uma lesão grande ou lesão que tenha sido removida em seções congeladas podem ser reconstruídas com retalho local. O retalho também pode ser necessário onde a excisão tenha resultado numa aparência desfigurada. O retalho local reposiciona tecido saudável adjacente sobre a ferida. A linha de sutura será posicionada seguindo os vincos e as curvas naturais da face, se possível, para minimizar a aparência da cicatriz resultante. Um enxerto de pele (pele saudável retirada de uma área do corpo e transferida para o local da ferida) pode também ser aplicado.

Etapa 4 – Resultados: Após a remoção do câncer de pele e a finalização das reconstruções primárias, um curativo será aplicado nas incisões.

PERGUNTE AO CIRURGIÃO PLÁSTICO SOBRE A RECUPERAÇÃO

Onde vou permanecer em recuperação após o término da cirurgia? Qual medicação me será dada ou prescrita após a cirurgia? Será necessário curativo após a cirurgia? Quando será removido? Os pontos serão removidos? Quando? Quando poderei retomar minhas atividades normais e exercício físico? Quando será a consulta de retorno?
A cicatrização vai continuar por várias semanas ou meses. Pode demorar um ano, ou mais, para se obter o resultado final da cicatriz. Em alguns casos, procedimentos secundários podem ser necessários para finalizar ou refinar a reconstrução. Proteja-se adequadamente do sol durante toda a vida e pare de fumar para garantir a cicatrização contínua e a boa saúde. A exposição ao sol em feridas em cicatrização pode resultar em cicatrizes e pigmentação irregular que podem se tornar vermelhas ou escuras. A exposição ao sol pode resultar em recorrência do câncer de pele, ou desenvolvimento de câncer de pele em outra região de seu corpo.

RESULTADOS E PERSPECTIVAS DO CÂNCER DE PELE

O cirurgião plástico pode tratar o câncer de pele através da remoção cirúrgica da pele cancerígena e restabelecer uma aparência mais normal. No entanto, algumas formas de câncer de pele precisam de tratamento adicional, como a terapia de radioterapia. Seu médico irá aconselhá-lo sobre todas as recomendações de acompanhamento do tratamento.

A reconstrução pode proporcionar uma aparência mais natural, no entanto, nenhuma reconstrução é perfeita. Cicatrizes visíveis permanecerão sempre nos locais de incisão. Também, podem-se esperar alterações visíveis de cor, de textura e demais diferenças na pele em áreas reconstruídas. Em alguns casos, o tratamento do câncer de pele pode causar deformação na aparência. Embora todos os esforços sejam feitos para restaurar a sua aparência, deixando-a a mais natural possível, o fator mais importante é que o câncer de pele seja efetivamente curado.

Av. Santos Dumont 5753 - salas 205 | 206 • Complexo São Mateus - Torre Office • Fortaleza - Ceará - Brasil
CLIQUE AQUI E ENCONTRE NO MAPA
+55 (85) 3044.4748 99917.1159  •   contato@rodrigopimenta.med.br
 
 
 

ATENDIMENTO DE URGÊNCIA / EMERGÊNCIA CIRURGIA PLÁSTICA

Unimed Hospital São Mateus

Dr. Rodrigo Pimenta CRM/CE 10.157 RQE 5784 Cirurgia Plástica © 2015. Todos os direitos reservados.

 

Av. Santos Dumont 5753 - salas 205 | 206
Complexo São Mateus - Torre Office
Fortaleza - Ceará - Brasil
Encontre no mapa

 

+55 (85) 3044.4748
               99917.1159
contato@rodrigopimenta.med.br Entre em contato conosco

 

Assine nossa newsletter e receba
semanalmente dicas de saúde.

 
 
 

ATENDIMENTO DE URGÊNCIA / EMERGÊNCIA CIRURGIA PLÁSTICA

Unimed Hospital São Mateus

Dr. Rodrigo Pimenta CRM/CE 10.157 RQE 5784 Cirurgia Plástica © 2015. Todos os direitos reservados.