Acompanhe:

(85) 3044.4748 | contato@rodrigopimenta.med.br

CIR. PLÁSTICAS REPARADORAS >

RECONSTRUÇÃO DE MAMAS
+ -
 

As mamas traduzem a feminilidade da mulher. A sua perda ou as deformações causadas por doenças nessa região podem afetar o seu bem estar, pois acometem a sua autoestima e a sua sexualidade.

A detecção precoce do câncer de mama é fundamental tanto para o controle da doença como para se conseguir um melhor resultado com a reconstrução da mama.

Dessa forma, se diagnosticado e tratado precocemente, há grandes perspectivas de cura desse tipo de câncer.

Exame de Mamografia: Reconstrução de mamas | Dr. Rodrigo Pimenta

A realização de mamografia após os 40 anos de idade e o acompanhamento com o seu mastologista é fundamental para se detectar precocemente o câncer de mama e, dessa forma, se ter um bom prognóstico em relação à doença.

Quando há parentes em primeiro grau na família que já tiveram câncer de mama, as consultas com o mastologista devem começar ainda mais cedo.

O acompanhamento multiprofissional é fundamental para conseguir encarar a doença e as intercorrências decorrentes do seu tratamento.

Múltiplas cirurgias, quimioterapia e até radioterapia tornam o caminho até o controle da doença muito sofrido.

Reconstrução de mamas | Dr. Rodrigo Pimenta

Por isso, devemos ter várias frentes de atuação:

→ mastologistas;
→ radioterapêutas;
→ oncologistas;
→ enfermeiros;
→ psicólogos;
→ fisioterapeuta;
→ terapia ocupacional e
→ o cirurgião plástico.

Esta equipe irá te ajudar a vencer esse grande obstáculo.

Atualmente a reconstrução imediata da mama pela cirurgia plástica é realizada na quase totalidade dos casos operados para a retirada de câncer.

Isso diminui o impacto emocional e físico da mutilação causada pela mastectomia. A mulher fica mais confiante, o que ajuda com certeza na sua recuperação.

A cirurgia

Há várias formas de realizar a reconstrução depois de uma mastectomia. O tratamento vai depender da fase da doença, da extensão do defeito e do estado de saúde da paciente. Tudo isso é discutido em conjunto com o mastologista. Tecidos da própria mama (retalhos locais) podem resolver os casos mais simples. Utilizar prótese embaixo do músculo peitoral ou utilizar um expansor de pele nos casos onde foi retirado muita pele da mama são outras opções.

No expansor, é feito o aumento progressivo do volume através de injeções de soro fisiológico por uma válvula existente. Ao se conseguir o volume planejado, se faz a troca por uma prótese de mama.

Reconstrução de mamas | Dr. Rodrigo Pimenta

Quando o defeito é muito grande, podemos utilizar os chamados retalhos miocutâneos (pele e músculo). Pode ser das costas (retalho grande dorsal) associado à prótese ou expansor ou ser do abdômen (retalho tram).

No primeiro retalho, a cicatriz final fica nas costas e no segundo, a cicatriz fica na parte inferior do abdômen como na abdominoplastia (além de melhorar o contorno corporal).

Essas cirurgias podem ser feitas logo após a retirada do tumor (reconstrução imediata) com a mesma anestesia, ou depois de ter concluído as sessões de quimio e radioterapia (reconstrução tardia).

Anestesia

Geral. O procedimento é longo.

Mais dúvidas?

Reconstrução de mamas | Dr. Rodrigo Pimenta

Se quiser tirar suas dúvidas conosco sobre essa cirurgia plástica, teremos o maior prazer em responder através do Formulário de Contato.

Acesse o site da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

PERGUNTAS E RESPOSTAS

Como é feita a reconstrução mamária?

Trabalhar com volume e contorno das mamas é o princípio básico desse tipo de cirurgia. Com o uso de próteses ou com tecidos do próprio corpo conseguimos preencher o espaço deixado pelo tecido mamário que foi retirado. Cirurgias complementares para reconstruir aréola e mamilos além de enxertos de gordura melhoram o resultado estético.

É possível que o câncer volte a aparecer depois da reconstrução da mama?

Não há nenhuma relação de causa e efeito entre reconstrução da mama e câncer de mama. A plástica tem como objetivo diminuir o trauma decorrente da retirada da mama através da modelagem corporal.

Reconstruir a mama imediatamente após a mastectomia é vaidade “fora de hora”?

De forma nenhuma. Os estudos mostram que o estado psicológico depois da cirurgia em quem fez a reconstrução é muito melhor do que em quem não fez. Estar bem consigo mesma é fundamental para conseguir encarar todos os obstáculos ao longo do tratamento.

Fumar atrapalha a recuperação?

O cigarro prejudica muito a cicatrização. Orientamos para de fumar pelo menos 30 dias antes da cirurgia.

Devo mexer logo na outra mama?

As diferenças geralmente são corrigidas em um segundo tempo cirúrgico. Buscar a simetrização (mamas mais parecidas uma com a outra) e a melhor cicatrização (revisão de algum ponto com distorção cicatricial) são realizados nessa segunda etapa.

E o mamilo? Como ficará?

Geralmente realizada em um terceiro tempo. Nesta fase, as mamas já apresentam a sua forma definitiva. A papila (bico do peito) pode ser reconstruída utilizando tecido da outra mama ou através de retalhos locais da mesma mama. A aréola pode ser reconstruída com parte da aréola da outra mama ou de tecido de outras regiões, como a face interna da coxa. Pigmentação com tatuagens podem também ser feitas com ótimo resultado.

Quais as complicações?

Infecção, hematomas,deiscência (abertura) de pontos, necrose (escurecimento e perda) do retalho e assimetria. Na presença de prótese, pode haver a contratura capsular que pode ocasionar rigidez, distorção, dor e deslocamento. Essa ocorrência é muito mais freqüente quando o paciente é submetido à radioterapia. O acompanhamento com o seu cirurgião plástico é fundamental para detectar e tratar essas intercorrências.

A cirurgia é muito desconfortável?

A dor é controlada por analgésicos potentes e as alterações de sensibilidade geralmente são passageiras e se resolvem em alguns meses.

Como são os curativos?

O curativo é trocado no dia da alta, mas o banho no chuveiro só é liberado 48h após o procedimento. Deve-se usar sabonete neutro e colocar somente micropore sobre a cicatriz até o dia do primeiro retorno.

São usados drenos?

Como são cirurgias com grande descolamento de tecidos, os drenos são utilizados para evitar o acúmulo de secreções. O tempo de uso e as orientações são dadas dependendo do seu caso.

Deverei usar cintas modeladoras?

Recomendamos. Esses materiais são feitos de tecidos que não machucam as cicatrizes e dão mais segurança às pacientes.

A quimioterapia atrapalha a cirurgia ?

Ela não interfere no pós operatório.

E os exercícios após a cirurgia?

Podem ser necessárias algumas sessões de fisioterapia para te ajudar a ter uma recuperação mais rápida. Caminhadas leves são liberadas depois de 30 dias. Exercícios mais intensos somente após 90 dias.

RESUMINDO...

→ Nome técnico:
Reconstrução mamária.
→ Parte do corpo:
Mamas.
→ Idade recomendada:
Não há restrição de idade.
→ Pré-operatório:
Exames laboratoriais, imagem e avaliação cardiológica
→ Anestesia:
Geral.
→ Duração da cirurgia:
1-4 horas. Depende da área a ser reconstruída.
→ Permanência no hospital:
24 horas.
→ Cicatriz:
Na própria mama, nas costas o abdômen, dependendo das técnicas utilizadas.
→ Pós-operatório:
Evitar movimentos bruscos nos braços por 30 dias, caminhadas após 1 mês e malha compressiva por 3 meses.
→ Tempo de recuperação:
Em torno de 4 semanas.

Av. Santos Dumont 5753 - salas 205 | 206 • Complexo São Mateus - Torre Office • Fortaleza - Ceará - Brasil
CLIQUE AQUI E ENCONTRE NO MAPA
+55 (85) 3044.4748 99917.1159  •   contato@rodrigopimenta.med.br
 
 
 

ATENDIMENTO DE URGÊNCIA / EMERGÊNCIA CIRURGIA PLÁSTICA

Unimed Hospital São Mateus

Dr. Rodrigo Pimenta CRM/CE 10.157 RQE 5784 Cirurgia Plástica © 2015. Todos os direitos reservados.

 

Av. Santos Dumont 5753 - salas 205 | 206
Complexo São Mateus - Torre Office
Fortaleza - Ceará - Brasil
Encontre no mapa

 

+55 (85) 3044.4748
               99917.1159
contato@rodrigopimenta.med.br Entre em contato conosco

 

Assine nossa newsletter e receba
semanalmente dicas de saúde.

 
 
 

ATENDIMENTO DE URGÊNCIA / EMERGÊNCIA CIRURGIA PLÁSTICA

Unimed Hospital São Mateus

Dr. Rodrigo Pimenta CRM/CE 10.157 RQE 5784 Cirurgia Plástica © 2015. Todos os direitos reservados.