Acompanhe:

(85) 3044.4748 | contato@rodrigopimenta.med.br

CIR. PLÁSTICAS REPARADORAS >

CICATRIZES E QUELÓIDES
+ -
 

As cicatrizes afetam a vida das pessoas tanto podendo limitar seus movimentos, como na qualidade de vida social. Dentre as cicatrizes, o quelóide sempre foi a mais temida pelos médicos e pelos pacientes porque usualmente retornam após a retirada com a cirurgia.

Acreditou-se por muito tempo em origem genética, mas nunca foi conclusiva. Atualmente, considera-se o quelóide um tumor benigno de cicatriz, e que em sua formação envolve vários fatores relacionados à imunidade e à inflamação. A inflamação causada à pele por qualquer lesão aguda (incisão cirúrgica, ferimento ou erupção por acne) é o primeiro mecanismo que dispara a cicatrização. Por isso, para se obter uma cicatriz normal é preciso ter um processo de cicatrização que transcorra de forma normal. Para isso, a saúde da pele (chamada de homeostase) tem que estar normal.

Assim, partindo da constatação que pele inflamada ou irritada gera cicatrizes mais inflamadas e avermelhadas, como o quelóide e cicatrizes hipertróficas, antes de realizar a correção das mesmas deve-se diagnosticar tratar outras fontes de inflamação da pele. As fontes mais comuns que deixam a pele inflamada além do estresse psicossocial são as seguintes:

1)Nutricionais: frutos do mar, alimentos ricos em gorduras trans (biscoitos e salgados industrializados);
2)Exposição aos raios solares e bronzeamento antes de uma operação;
3)Sobrepeso e obesidade;
4)Pele com alterações de natureza inflamatória (dermatite, pele oleosa, hiperhidrose - excesso de sudorese e alergias);
5)Presença de outras doenças inflamatórias concomitantes (asma, tireoidites);

Atuando nessas frentes, o cirurgião plástico vai passando de uma posição mais passiva em relação à ocorrência do quelóide, para uma posição mais atuante e de prevenção.

Causas

Os fatores que causam quelóide e cicatriz hipertrófica são os mesmos. A cicatriz hipertrófica é uma expressão menos intensa do quelóide. Grande tensão na cicatriz, introdução de corpo estranho na pele e queimaduras são as causas mais freqüentes.

Locais mais freqüentes e grupos de risco

Região esternal, ombros, dorso, queixo e parte inferior das pernas são as áreas de maior risco. Orientais e negros são as pessoas mais afetadas. O adulto jovem parece ser a faixa etária mais acometida.

Quelóide x Cicatriz hipertrófica

Quelóide x Cicatriz hipertrófica

A cicatriz é o resultado do mecanismo de defesa do corpo para a sua proteção. Quando elas ficam mais elevadas, largas ou mais espessas do que o esperado e com o mesmo tamanho da incisão original denominamos cicatriz hipertrófica. Quando a cicatriz ultrapassa os limites da lesão original, com crescimento excessivo e descontrolado denominamos de quelóide. Ele começa como uma placa rosada ou vermelha, endurecida e de consistência elástica. Nos primeiros meses, a diferença entre cicatriz hipetrófica e quelóide pode não ser tão clara.

O que vou sentir?

Além do fator estético desagradável, a principal queixa é o prurido (coçeira). Dor local e maior sensibilidade também podem ocorrer.

Tratamento

As cicatrizes hipertróficas quase sempre se resolvem espontaneamente entre 6 meses e 1 ano após a cirurgia. Também é possível retirar a lesão e usar técnicas que diminuam a tensão na cicatriz. Em outros casos, podemos aplicar corticóides no interior da cicatriz.

Nos quelóides, a simples retirada pode fazer com que a lesão volte ainda maior. Podemos associar a cirurgia junto com a aplicação de corticóide ou fazer o tratamento com radioterapia associada (betaterapia). O uso de placas de silicone comprimindo a cicatriz durante várias horas por dia ou o uso de gel de silicone para a hidratação do local são muito importantes e ajudam no tratamento.

Podemos também fazer a injeção de corticóide (triancinolona) a cada 21 dias no interior do quelóide. Isso faz com que a lesão fique menos sintomática e também com que ela fique menor e mais mole, facilitando as outras aplicações. Várias podem ser necessárias.

Mais dúvidas?

Se quiser tirar suas dúvidas conosco sobre essa cirurgia plástica, teremos o maior prazer em responder através do Formulário de Contato. Acesse o site da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Cicatrizes e Quelóides - Dr. Rodrigo Pimenta

PERGUNTAS E RESPOSTAS

O que são quelóides?

É um tumor benigno decorrente da cicatrização excessiva da pele (desordem fibroproliferativa). São lesões fibroelásticas, elevadas, rosadas, avermelhadas ou escuras. Podem ocorrer em qualquer local onde houve um trauma da pele.

Ocorrem mais em que sexo?

Um pouco mais freqüente em jovens do sexo feminino.

Qual a região do corpo mais afetada pelo quelóide?

Lóbulo da orelha, ombro e região esternal (tórax). Muita atenção para as cirurgias nesses locais.

O quelóide pode voltar depois de operado?

SEMPRE deve-se fazer um procedimento complementar após a retirada. Ele volta em quase 100% dos casos quando realizamos somente a cirurgia de retirada.

Quais são os tratamentos complementares?

Betaterapia (um tipo de radioterapia localizada que deve ser feita em 24-48 horas após), aplicação de corticóide e placas ou gel de silicone.

Quelóide pode ter cura?

A lesão pode voltar depois de tratado. Deve –se acompanhar de perto e retornar ao médico se houver sinais de retorno.

RESUMINDO...

→ Nome técnico:
Revisão ou correção de cicatriz.
→ Parte do corpo:
Qualquer local.
→ Idade recomendada:
Não há restrição de idade.
→ Pré-operatório:
Exames laboratoriais, imagem e avaliação cardiológica
→ Anestesia:
Local, podendo ter sedação associada.
→ Duração da cirurgia:
1 hora.
→ Permanência no hospital:
12horas.
→ Cicatriz:
No mesmo local daquela que já existe.
→ Pós-operatório:
Repouso e evitar tensão sobre a região operada.
→ Tempo de recuperação:
Em torno de 2 semanas. Retorno às atividades que não exijam esforço na primeira semana.

Av. Santos Dumont 5753 - salas 205 | 206 • Complexo São Mateus - Torre Office • Fortaleza - Ceará - Brasil
CLIQUE AQUI E ENCONTRE NO MAPA
+55 (85) 3044.4748 99917.1159  •   contato@rodrigopimenta.med.br
 
 
 

ATENDIMENTO DE URGÊNCIA / EMERGÊNCIA CIRURGIA PLÁSTICA

Unimed Hospital São Mateus

Dr. Rodrigo Pimenta CRM/CE 10.157 RQE 5784 Cirurgia Plástica © 2015. Todos os direitos reservados.

 

Av. Santos Dumont 5753 - salas 205 | 206
Complexo São Mateus - Torre Office
Fortaleza - Ceará - Brasil
Encontre no mapa

 

+55 (85) 3044.4748
               99917.1159
contato@rodrigopimenta.med.br Entre em contato conosco

 

Assine nossa newsletter e receba
semanalmente dicas de saúde.

 
 
 

ATENDIMENTO DE URGÊNCIA / EMERGÊNCIA CIRURGIA PLÁSTICA

Unimed Hospital São Mateus

Dr. Rodrigo Pimenta CRM/CE 10.157 RQE 5784 Cirurgia Plástica © 2015. Todos os direitos reservados.